O Calendário Gezer.
Idioma: hebraico.
Médio: calcário.
Tamanho: 11,1 centímetros de comprimento.
7,2 centímetros de largura.
Comprimento: 7 linhas de escrita.
mais assinatura de margem.
Gênero: agricultura.
Data Aproximada: 925 aC
Local de Descoberta: Diga ao el-Jazari.
Gezer antigo 30 km a noroeste de Jerusalém.
Diretor de escavação: R. A. S. Macalister.
Data de Descoberta: 1908
Localização atual: Coleção Síria e Palestina.

O calendário de Gezer é a escrita mais antiga que pode ser considerada hebraica. Alguns definem como pré-hebraica, ou hebraica paleolítica. Ao meu ver esta seria a escrita hebraica, e não a atual que é um sistema de escrita armaico persa.
Vamos estudar linha por linha deste calendário, para conseguir entender como as pessoas daquela época pensavam.


ירחו אסף ירחו ז
1
dois meses de colheita, dois meses de plantio.
Aqui temos o termo dois meses, que é uma forma dualística, refere-se a dois perídos. O que se definiria dois períodos lunares, e assim dois meses.
Veremos que estes meses são respectivamente De agosto a setembro e outubro a novembro.

רע ירחו לקש
2
dois meses de plantio tardio,.
O termo plantio tardio, é um termo raro; representa um sistema próprio de falar de pessoas diretamente ligada ao campo, podemos ver esse termo em Amós 7: 1.
Sabendo que Amós é um homem ligado ao campo, podemos observar que a pedra esta ligada diretamente a alguém que convive em um ambiente rural.
Os mêses em questão seriam Dezembro e Janeiro.

ירח עצד פשת
3
um mês de capim de linho
O linho foi cultivado no antigo Oriente Próximo no início do Bronze IV. Ele tem uma variedade de usos: suas fibras podem ser fiadas para fazer linho vemos em Gênesis 41:42; Levítico 6:10; João 19:40, e as sementes podem ser prensadas a frio para fazer óleo de linhaça ,usado para cozinhar e medicina.
O que vemos a importância para tais produtos.
O mês em questão é fevereiro.

ירח קצר שערם
4
um mês de colheita de cevada
A cevada é um grão saudável que tem uma estação de crescimento mais curta que o trigo e também é melhor para sobreviver à seca e ao calor intenso. O grão foi usado no cozimento de pão e os talos foram usados ​​como forragem para os animais. Foi encontrado em sítios arqueológicos israelitas das eras do Ferro I e do Ferro II. Veja Êxodo 9:31; Levítico 27:16; Rute 1: 2; João 6: 9; Apocalipse 6: 6.
Podemos ler no verso,
Exo 9:31 O linho e a cevada foram feridos, pois a cevada já estava na espiga, e o linho, em flor. 
Exo 9:32 Porém o trigo e o centeio não sofreram dano, porque ainda não haviam nascido.
O texto esta falando da época em que os hebreus estavam no egito, e demonstra o que diz a pedra de Gezer, que primeiro vem o linho, a cevada e só depois o trigo. Ora assim com a pedra de Gezer podemos supor que as pragas ditas no verso ocorreram entre janeiro e fevereiro.
Mas na quarta linha da pedra de Gezer temos o mês da colheita da cevada, ou seja temos o mês de Março.

ירח קצר וכל
5

um mês de colheita e festa.
E aqui temos a referência de uma festa de colheitas, normalmente chamada de primícias, ou dos primeiros frutos da plantação. Ou seja a festa das colheitas, e a alegria de obter alimento. E aqui estamos no mês de Abril. Diretamente esta festa estava ligada a colheita.

ירחו זמר
6

dois meses de poda da videira.
E aqui temos dois meses de preparação para a formação da uva.
Estes dois meses são relativos a maio e junho.

ירח קץ
7

um mês de fruta de verão.
Fruta de verão - pode se ver em II Samuel 16: 1; Jeremias 40:10; Am 8: 1-2.
São entre outros abóboras, pepinos ou melancias.
Sendo o mês de Julho.

אביה
edge

No final da pedra temos o nome do escriba.
Abias,
em toda a probabilidade, esse é o nome do escriba. Seu nome significa "Yah é meu pai". Esse nome aparece na Bíblia para vários indivíduos diferentes, incluindo um rei de Judá, veja 1 Reis 14:31.

Agora já lemos a pedra de Geze, ora é importante conhecer como é a mentalidade normal a mais de três mil anos atrás. Agora vamos tentar entender, com algumas perguntinhas para compreensão.

1. Que funções essa inscrição pode ter servido?
Vemos que a pedra de Gezer tem um relacionamento entre os ciclos lunares, que representam os meses e as fases de plantio. Portanto a pedra teria servido como referência para os que plantavam, o que se deveria fazer em cada ciclo lunar durante o ano.

2. O que esta inscrição nos diz sobre o ano agrícola na Palestina?
Não só na palestina, mas mesmo referência entre o plantio no egito, vemos um plantio muito intenso, principalmente em relação a centeio, trigo, e linho. E fases bem específicas para o plantio e colheita, seja para os produtos citados, como também para os frutos de verão.

3. O que esta inscrição nos diz sobre as culturas camponesas? Qual é a importância da diversidade de culturas e rotação de culturas para a agricultura camponesa?
A inscrição mostra que o sistema de cultivo não é na monocultura e sim na rotatividade de culturas. A rotação de cultura serve para conservar o solo fértil. Possivelmente não se sabia os fatores científicos por trás disso, mas sim os fatores práticos, e assim a pedra de Gezer faz uma organização das diferentes culturas.

4. Como os principais festivais do antigo Israel se relacionam com esse padrão sazonal?
As festas do antigo Israel estavam relacionadas a um ciclo, entre o ano novo até o Yom Kippur, e a Festa dos Tabernáculos, de fato varias estavam diretamente relacionados ao cultivo, como a festa da colheita, mas outras estão meramente ligadas ao ciclo anual, vinculada aos ciclos lunares.

5. Qual é a média de chuva na Palestina? Como isso se relaciona com o ciclo da cultura?
Segundo o gráfico temos as precipitações maiores ligadas a Janeiro e Dezembro. O que envolve que de Agosto a Setembro, haja uma colheita e Outubro a Novembro um plantio intenso. Logicamente a cultura necessita observar tais fatores para não ocorrer perda de sementes.

Observamos muitos fatores no calendário de Gezer, entre eles os ciclos, e podemos observar uma construção muito direta para definir as fases do cultivo. Observaria que ao período de 900 anos antes de Cristo, e a conexão com os textos bíblicos, principalmente do Pentateuco, temos uma clara ligação, o que favorece a idéia que os textos bíblicos relacionados sejam de fato muito antigos, relativos ao período em questão.
Espero que tenham gostado e que tenham construído fatores que liguem o texto do Calendário de Gezer aos textos hebraicos antigos contidos na Bíblia.

  •   youtube.com/buscadaverdade,
       instagram.com/reformadores_da_saude/
  •   1 -234 -456 -7890
  •   1 -234 -456 -7890
  • info@yourdomain.com

Sobre nós

A busca da saúde como ideal.


Leia mais

Flickr Photos