Profecia dos Animais

Código AF02-E0020-P

VIEW:475 DATA:2020-03-20

Embora Enoque diga aqui que foi um sonho, este é um profecia longa e detalhada. Os Vigilantes podem ter dito a ele para dizer que era um sonho. Ele escreveu com suas próprias palavras, seu estilo é facilmente reconhecível, especialmente onde a história é complicada.

A maior parte do conteúdo da profecia é agora história e é reconhecível. como histórias bíblicas, mas o fim se estende para o futuro. Não há nomes nem datas; animais diferentes representam diferentes nações ou nacionalidades. O próximo capítulo, As Dez Semanas, cobre a mesma história, mas de um ponto de vista diferente.

Começamos em 85,3 com Adão e Eva, e Caim e Abel. Caim e seus descendentes têm 85,5 anos.

Aos 85,8 anos, Sete nasce, filho de Eva. A seguir (85.9-10) há a linhagem familiar de Enoque descrita em Gênesis capítulo 5.

A estrela em 86.1 é a primeira dos Vigilantes a aparecer. Eles são representados nesta história por estrelas e não como animais - outra indicação de que foram os verdadeiros autores ou, pelo menos, os editores deste capítulo. Esta primeira é a queda de Satanás, talvez um membro sênior dos Vigilantes, não parecemos ter nenhuma informação confiável sobre esta história, a informação aqui é que Satanás deixou as pessoas insatisfeitas, elas se mudaram e mudaram de esposas.

O período coberto pelo livro de Enoque começa em 86,3 e continua até 88,3. Aqui os fugitivos são descritos como estrelas caídas. Isso também é descrito no início do capítulo 6 de Gênesis - Filhos de Deus (Godlings em hebraico) desejavam as filhas dos homens. Essas uniões deram origem a gigantes (Nephilim - que significa “cair”, como em 'descer ').

Em 87.2-3 Enoque descreve como seres do céu, e ele realmente diz que eles pareciam homens brancos, o elevaram à sua torre. 88.1-3    parece descrever uma guerra séria usando armas avançadas. É possível que esta guerra e os eventos que a cercam sejam descritos no Mahabharata, um antigo texto hindu onde os deuses travam uma guerra com muitas armas avançadas, incluindo mísseis nucleares, a julgar pelas descrições detalhadas no texto.

A história de Noé (possivelmente 17.000 aC) começa em 89,1 e continua até 89,9. A inundação começa em 89,2. Os três filhos de Noé, Sem, Cão e Jafé, dão origem a

todos os animais (nações) em 89.10.

O touro branco no final de 89.10 é Abraão (possivelmente 2.166 - 1.991 aC). Em 89,11 há Ismael (2.080 aC), filho de Abraão, o burro selvagem, e Isaque (2.066 aC), o touro branco.

Isaac tem um javali, Esaú, e um ovelha branca que é Jacó (2006 aC). No final de 89.12 Jacó tem doze filhos - os patriarcas das 12 tribos.

Em 89.13 José é vendido aos ismaelitas ou midianitas (jumentos) e depois (1898 a.C.) para os egípcios (lobos), veja também Gênesis 37.25 e 39.1.

Gênesis 42 em diante é descrito em 89.14, o horário no Egito. Em 89,15, chegamos aos eventos abordados no livro do Êxodo.

Há uma longa seção descrevendo a vida de Moisés (1526 - 1406 aC), em 89,16 -38; que é provavelmente a razão pela qual Moisés acreditava que Enoque andava com Deus (conforme afirmado em Gênesis 5.22).

89.18 apresenta Aarão e a divisão do Mar Vermelho é descrita pelo texto em 89.24-25.

Atravessar o rio Jordão (1406 aC), 89.39, é o capítulo 3 do livro de Josué. Também neste versículo os Juízes recebem uma breve menção.

O carneiro em 89,41 é provavelmente Samuel, seguido por Saul, 89,42, (capítulo 22 de 1Samuel na Bíblia), e estes são seguidos por David (1010 - 970 AC) em 89,45.

Os cães são os filisteus.

A época de Salomão (970 - 930 aC) está em 89,48 e a construção do Templo em 89,50 (a torre).

O período após Salomão começa em 89,51 com a morte dos profetas . O salvo, 89,52, é Elias.

Aos 89,56, "ele saiu daquela casa deles" provavelmente se refere à época do rei Manassés, quando os levitas pegaram a Arca da Aliança e deixaram Israel (por volta de 670 AC). Eles também pegaram o livro de Enoque e acabaram se estabelecendo na Etiópia. Os leões nesta parte são os assírios.

Há uma mudança de cenário em 89,59, que provavelmente coincide com as reformas religiosas sob Josias (620 aC) ver capítulo 34 de 2Crônicas. Depois, há os 70 pastores; estes são vários líderes religiosos em Jerusalém desde aquela época.

Em 89,66 há a destruição do Templo em Jerusalém pelos babilônios (587 aC).

O retorno após o exílio (538 aC) é de 89,72. Os três que retornam são Esdras,

Ageu e Zacarias, todos com livros na Bíblia.

O segundo período do templo, está em 89,73, isso é descrito em Malaquias (450 - 400 aC). Seu livro é o último livro do Antigo Testamento.

As águias aparecem pela primeira vez na história. em 90,2 eles são os romanos.

Cinquenta e oito pastores cumpriram sua pena até o versículo 90,5.

Os pequenos cordeiros com olhos abertos (90,6) podem ser os essênios.

Em 90,8 há a morte de João Batista - pelos corvos.

Jesus é a “ovelha com chifre grande” em 90,9-16. Curiosamente, não diz especificamente que ele foi morto, apenas que o seu ministério foi interrompido por uma conspiração.

Em 90.17, os últimos doze pastores têm o seu próprio livro. Esta deve ser a era cristã.

A profecia então vai para o futuro. Às 90h18, Deus ataca a terra com raiva. Este é o "segundo fim" na próxima seção. Não há eventos reconhecíveis depois disso, a história vai para um futuro distante e somente o tempo revelará seu significado.

18) PROFECIA DOS ANIMAIS

85.1    E depois deste tive outro sonho, e vou mostrar tudo para você, meu  ;filho.

85.2    E Enoque levantou a voz e disse a seu filho Matusalém: “A ti falo, meu filho. Ouça minhas palavras e incline seu ouvido para a visão onírica de seu pai.

85.3     Antes de levar sua mãe, Edna, tive uma visão na minha cama: - e eis que saiu da terra um touro, e esse touro era branco.E, depois dele, saiu uma novilha, e com o Novilha vieram dois novilhos, e um deles era preto e o outro vermelho.

85.4    E aquele novilho preto bateu no vermelho e o perseguiu a terra, e desde então não pude ver aquele novilho vermelho.

85.5    Mas aquele novilho preto cresceu, e uma novilha foi com ele; e vi que dela saíam muitos touros, que eram iguais a ela, e a seguiam.

85.6    E aquela vaca, aquela primeira , veio da presença daquele primeiro touro, procurando aquele novilho vermelho, mas não o encontrou. E então ele gemeu amargamente e continuou a procurá-lo.

85.7    E olhei até que aquele primeiro touro veio até ele e o acalmou, e de  ;daquela vez ele não gritou.

85.8    E depois disso, ela deu à luz outro touro branco, e depois disso ela deu à luz muitos touros pretos e vacas.

85.9    E eu vi, enquanto dormia, aquele touro branco, como ele também cresceu e se tornou um grande touro branco. E dele vieram muitos touros brancos, e eles eram como ele.

85.10    E eles começaram a gerar muitos touros brancos que eram como eles - um  ;seguindo outro.

86.1 E novamente, olhei com meus olhos enquanto dormia, e vi o Céu acima, e eis que uma estrela caiu do Céu, e ela levantou-se e comeu e pastoreou entre aqueles touros.

86.2    E, depois disso, vi os touros grandes e pretos, e eis que todos  ;eles mudaram seus currais, e seus pastos, e suas novilhas. E eles começaram a gemer, um após o outro.

86.3    E, novamente, eu vi na visão e olhei para o céu, e eis que Eu vi muitas estrelas, como elas desceram e foram lançadas do céu para aquela primeira estrela e caíram entre aquelas novilhas e touros. Eles estavam com eles pastando entre eles.

86.4    E eu olhei para eles e vi, e eis que todos eles deixaram sair suas partes íntimas , como cavalos, e começaram a montar nas vacas dos touros. E todas elas engravidaram e deram à luz elefantes, camelos e jumentos.

86.5    E todos os touros tiveram medo deles e ficaram aterrorizados diante deles. deles. E começaram a morder com os dentes, a devorar e a chifrar com os chifres.

86.6    E então começaram a devorar aqueles touros e eis que todos os filhos da Terra começaram a tremer e a tremer diante deles e a fugir.

87.1    E novamente eu os vi, como eles começaram a se machucar e a se devorar, e a Terra começou a gritar.

87.2    E eu levantei meus olhos novamente para Céu, e viu na visão, e eis que vieram do Céu seres que eram como homens brancos. E quatro vieram daquele lugar, e outros três com eles.

87.3    E aqueles três, que saíram por último, agarraram-me pelo meu braço. mão e me elevou dentre as gerações da Terra, e me elevou a um lugar alto, e me mostrou uma torre alta acima da terra, e todas as colinas eram mais baixas.

87.4    E um deles me disse: “Permaneça aqui até que você tenha visto tudo o que está acontecendo sobre estes elefantes, e camelos, e jumentos, e sobre as estrelas, e sobre todos os touros .”

88.1 E eu vi um daqueles quatro que saíram primeiro, como ele se apoderou daquilo primeira estrela, que caiu do céu, amarrou-a pelas mãos e pelos pés e lançou-a no abismo. E aquele abismo era estreito, e profundo, e horrível, e escuro.

88.2    E um deles desembainhou a espada e deu-a a aqueles elefantes, camelos e burros; e eles começaram a atacar uns aos outros, e toda a Terra tremeu por causa deles.

88.3    E enquanto eu olhava na visão, eis que um daqueles quatro que haviam saído lançaram uma linha do céu e juntaram e pegaram todas as estrelas grandes; aqueles cujas partes íntimas eram como as partes íntimas de cavalos, e amarraram-nos a todos pelas mãos e pés, e atiraram-nos num abismo da Terra.

89.1     E um daqueles quatro foi até um touro branco e ensinou-lhe um mistério, tremendo como estava. Ele nasceu um touro, mas se tornou um homem, e construiu para si um grande navio, e habitou nele, e três touros foram com ele naquele navio, e eles foram cobertos.

89.2    E, novamente, levantei meus olhos para o céu e vi um telhado alto com sete canais de água, e esses canais descarregavam muita água em um recinto.

89.3    E olhei novamente, e eis que fontes se abriram no chão daquele grande recinto, e a água começou a borbulhar e a subir acima do chão . E olhei para aquele recinto até que todo o seu chão ficou coberto de água.

89.4    E a água, a escuridão e a névoa aumentaram sobre ele, e olhei para a altura daquela água, e aquela água tinha subido acima daquele recinto e estava derramando sobre o recinto, e permaneceu na terra.

89.5    E todos os touros daquele recinto foram reunidos, até que eu vi como eles afundaram e foram engolidos e destruídos naquela água.

89.6     E aquele navio flutuou na água, mas todos os touros, elefantes, camelos e burros afundaram, junto com todos os animais, de modo que eu não pude vê-los. E eles não conseguiram sair, mas foram destruídos e afundaram nas profundezas.

89.7    E, novamente, eu tive aquela visão até que aqueles canais de água fossem removidos daquele telhado alto, e os abismos da Terra fossem nivelados, e outros abismos fossem abertos.

89.8     E a água começou a correr para dentro deles, até que a terra se tornou visível, e aquele vaso pousou na terra e as trevas se foram e a luz apareceu.

89.9    E aquele touro branco, que se tornou homem, saiu daquele navio, e os três touros com ele. E um dos três touros era branco, como aquele touro, e um deles era vermelho como sangue, e o outro era preto. E aquele touro branco faleceu deles. de espécies: leões, tigres, lobos, cães, hienas, javalis, raposas, texugos, porcos, falcões, abutres, milhafres, águias e corvos. Mas entre eles nasceu um touro branco.

89.11     E eles começaram a morder uns aos outros, mas aquele touro branco, que nasceu entre eles, gerou um burro selvagem e um touro branco com ele, e os burros selvagens aumentaram.

89.12    Mas aquele touro, que dele nasceu, gerou um javali preto e uma ovelha branca, e aquele javali gerou muitos javalis e aquela ovelha gerou doze ovelhas.

89.13    E quando aquelas doze ovelhas cresceram, entregaram uma delas aos burros, e estes, por sua vez, entregaram-na. ovelhas para os lobos; e aquela ovelha cresceu entre os lobos.

89.14    E o Senhor trouxe as onze ovelhas para habitarem com ela, e para pastarem com ela entre os lobos, e eles aumentaram e se tornaram muitos rebanhos de ovelhas.

89.15    E os lobos começaram a atemorizá-los, e os oprimiram até que levaram seus filhotes e depois os jogaram em um rio com muita água; mas aquelas ovelhas começaram a clamar por causa de seus filhotes e a reclamar com seu Senhor.

89.16    Mas uma ovelha, que havia sido salva de os lobos fugiram e escaparam para os jumentos selvagens. E eu vi as ovelhas gemendo e clamando, e suplicando ao Senhor com todas as suas forças, até que aquele Senhor das ovelhas desceu ao chamado das ovelhas, de um quarto alto, e veio até elas, e olhou para

89.17    E chamou aquela ovelha que tinha fugido dos lobos, e falou-lhe dos lobos, para que os avisasse para que não tocassem nas ovelhas.

89.18    E as ovelhas foram para os lobos, de acordo com a Palavra do Senhor, e outra ovelha encontrou aquela ovelha e foi com ela. E os dois juntos entraram na assembléia daqueles lobos, falaram com eles e avisaram-lhes que a partir de então não deveriam tocar naquelas ovelhas.

89.19    E depois disso, eu vi os lobos, como eles agiram ainda mais duramente com as ovelhas, com todo o seu poder, e as ovelhas gritaram.

89.20     E o Senhor deles veio até as ovelhas e começou a espancar aqueles lobos; e os lobos começaram a gemer, mas as ovelhas ficaram em silêncio e a partir de então não gritaram.

89.21    E olhei para as ovelhas até que escaparam dos lobos; mas os olhos dos lobos foram cegados, e esses lobos saíram em perseguição das ovelhas com todas as suas forças.

89.22    E o Senhor das ovelhas ia com eles, conforme ele os guiava, e todas as suas ovelhas o seguiam; e seu rosto era glorioso, e sua aparência terrível e magnífica.

89.23    Mas os lobos começaram a perseguir aquelas ovelhas até que as encontraram por um  trecho de água.

89.24    E aquele trecho de água foi dividido, e a água ficou de um lado, e do outro, diante deles. E seu Senhor, enquanto os guiava, colocou-se entre eles e os lobos.

89.25    E embora aqueles lobos ainda não tivessem visto as ovelhas, eles foram no meio daquele trecho de água; mas os lobos perseguiram as ovelhas, e esses lobos correram atrás delas para aquele trecho de água.

89.26    Mas quando eles viram o Senhor das ovelhas eles se viraram para fugir na frente dele; mas aquele trecho de água fluiu novamente e de repente retomou sua forma natural, e a água inchou e subiu até cobrir aqueles lobos.

89.27     E olhei até que todos os lobos que perseguiram aquelas ovelhas foram destruídos e afogados.

89.28    Mas as ovelhas escaparam daquela água, e foi para um deserto, onde não havia água nem grama. E eles começaram a abrir os olhos e a ver, e eu vi o Senhor das ovelhas pastoreando-as e dando-lhes água e grama, e aquelas ovelhas indo e guiando-as.

89.29    E aquela ovelha subiu ao cume de uma rocha alta e o Senhor das ovelhas enviou-lha.

89.30 E depois disso, vi o Senhor das ovelhas parado diante delas, e sua aparência era terrível e majestosa, e todas aquelas ovelhas o viram e ficaram com medo dele.

89.31    E todos eles ficaram com medo e tremeram diante dele; e eles clamaram àquelas ovelhas, com aqueles que estavam no meio delas: “Não podemos ficar diante de nosso Senhor nem olhar para ele.”

89.32    E aquela ovelha que os conduzia subiu novamente ao cume daquela rocha; e as ovelhas começaram a ficar cegas e a se desviar do caminho que lhes havia sido mostrado, mas aquelas ovelhas não o sabiam.

89.33     E o Senhor das ovelhas ficou extremamente irado com elas, e aquelas ovelhas sabiam, e desceram do cume da rocha, e foram até as ovelhas, e encontraram a maioria delas, com os olhos cegos, e indo embora. desviaram-se de seu caminho.

89.34    E quando viram isso, ficaram com medo e tremeram diante dele e desejaram poder retornar ao seu recinto. E aquela ovelha levou consigo outras ovelhas, e foi até aquelas ovelhas que se haviam perdido, e então começou a matá-las; e as ovelhas ficaram com medo disso. E aquelas ovelhas trouxeram de volta aquelas ovelhas que haviam se desgarrado, e elas voltaram para seus cercados.

89.36    E eu olhei lá para a visão, até que aquela ovelha se tornou um homem, e construiu uma casa para o Senhor das ovelhas, e fez com que todas as ovelhas permanecessem naquela casa.

89.37     E olhei até que aquela ovelha, que tinha encontrado aquela ovelha que conduzia as ovelhas, adormeceu. E olhei até que todas as ovelhas grandes foram destruídas e as pequenas surgiram em seu lugar, e elas chegaram a um pasto e se aproximaram de um rio de água.

89.38    E aquela ovelha que os conduzia, que havia se tornado um homem, separou-se deles e adormeceu, e todas as ovelhas a procuraram e gritaram muito amargamente por causa disso.

89.39    E olhei até que eles pararam de chorar por aquela ovelha, e cruzaram aquele rio de água. E levantaram-se todas as ovelhas que os conduziam, em lugar das que dormiam; e eles lideraram.

89.40    E olhei até que as ovelhas chegassem a um lugar bom e a uma terra agradável e gloriosa, e olhei até que aquelas ovelhas ficaram satisfeitos. E aquela casa ficava no meio deles naquela terra verde e agradável.

89.41    E às vezes seus olhos eram abertos, e às vezes cegados, até que  ; outra ovelha se levantou, os conduziu e os trouxe de volta. E seus olhos foram abertos.

89.42    E os cães, e as raposas, e os javalis selvagens, começaram a devorar aquelas ovelhas até que o Senhor das ovelhas levantou um carneiro dentre elas, que as conduziu.

89.43    E aquele carneiro começou a dar cabeçadas naqueles cães, raposas e javalis, de um lado e de outro, até destruir todos eles.

89.44     E os olhos daquela ovelha foram abertos, e ela viu aquele carneiro no meio das ovelhas, como ele renunciou à sua glória e começou para bater naquelas ovelhas, e como ela as pisou e se comportou de maneira imprópria.

89.45    E o Senhor das ovelhas enviou as ovelhas para outra ovelha e criou  ;coube ser um carneiro e conduzir as ovelhas no lugar daquela ovelha que havia renunciado à sua glória.

89.46    E foi até ele , e falou com ele sozinho, e levantou aquele carneiro, e fez dele o príncipe e líder das ovelhas. E, durante tudo isso, aqueles cães oprimiram as ovelhas.

89.47    E o primeiro carneiro perseguiu aquele segundo carneiro e aquele segundo carneiro levantou-se e fugiu antes disso. E olhei até que aqueles cães fizeram cair o primeiro carneiro.

89.48    E aquele segundo carneiro se levantou e conduziu as pequenas ovelhas, e esse carneiro gerou muitas ovelhas e adormeceu. E uma pequena ovelha tornou-se um carneiro, em seu lugar, e tornou-se o príncipe e líder daquelas ovelhas.

89.49    E aquelas ovelhas cresceram e cresceram. aumentou; mas todos os cães, e raposas, e javalis ficaram com medo e fugiram dela. E aquele carneiro deu cabeçadas e matou todos os animais, e esses animais não prevaleceram novamente entre as ovelhas, e não roubaram mais nada delas.

89.50     E aquela casa tornou-se grande e espaçosa, e para aquelas ovelhas uma torre alta foi construída naquela casa para o Senhor das ovelhas. E aquela casa era baixa, mas a torre era elevada e alta. E o Senhor das ovelhas estava naquela torre e eles prepararam uma mesa cheia diante dele.

89.51    E eu vi aquelas ovelhas novamente, como elas se desviaram e andaram por muitos caminhos e deixaram aquela casa deles; e o Senhor das ovelhas chamou algumas das ovelhas e as enviou às ovelhas, mas as ovelhas começaram a matá-las.

89.52     Mas um deles foi salvo e não foi morto; e saltou e clamou contra as ovelhas. E eles queriam matá-lo, mas o Senhor das ovelhas o salvou das mãos das ovelhas, trouxe-o para mim e o fez ficar.

89.53     E ele enviou muitas outras ovelhas para aquelas ovelhas, para testemunhar a elas e lamentar sobre elas.

89.54    E enviou muitas outras ovelhas a essas ovelhas, para lhes dar testemunho e para lamentar sobre elas. , vi como, quando saíram da casa do Senhor das ovelhas e da sua torre, se perderam em tudo e seus olhos ficaram cegos. E eu vi como o Senhor das ovelhas causou muita matança entre elas, em seus pastos, até que aquelas ovelhas convidaram aquela matança e traíram o seu lugar.

89.55   E ele os entregou nas mãos dos leões, e dos tigres, e dos lobos, e das hienas, e nas mãos das raposas, e de todos os animais. E aqueles animais selvagens começaram a despedaçar aquelas ovelhas.

89.56    E eu vi como ele deixou aquela casa deles, e sua torre, e deu  ;todos eles nas mãos dos leões para que eles possam despedaçá-los e devorá-los, e nas mãos de todos os animais.

89.57    E comecei a clamar com todas as minhas forças, a chamar o Senhor das ovelhas, e a apresentar-lhe a respeito das ovelhas; que todos os animais selvagens os estavam devorando.

89.58    Mas ele permaneceu imóvel, embora tenha visto, e se alegrou por eles terem sido devorados, engolidos levantado e levado embora. E ele os entregou nas mãos de todos os animais para comida.

89.59    E ele chamou setenta pastores, e rejeitou aquelas ovelhas, de modo que  ;eles podem pastoreá-los. E ele disse aos pastores e aos seus companheiros: “Cada um de vocês, de agora em diante, deverá apascentar as ovelhas e fazer tudo o que eu lhes ordenar.

89.60     E eu os entregarei a você, devidamente numerados, e lhe direi quais deles serão destruídos, e os destruirei.” E ele entregou-lhes aquelas ovelhas.

89.61     E chamou outro e disse-lhe: “Observa e vê tudo o que estes pastores faça contra essas ovelhas, pois elas destruirão entre elas mais do que eu lhes ordenei.

89.62    E anote todo o excesso e destruição que é feito pelos pastores; quantos eles destroem sob meu comando e quantos eles destroem por sua própria vontade. Escreva em cada pastor, individualmente, tudo o que ele destrói.

89.63     E leia diante de mim exatamente quantos eles destroem por sua própria vontade e quantos são entregues para destruição, para que isso possa ser um testemunho meu contra eles. Para que eu conheça todos os feitos dos pastores, a fim de entregá-los a julgamento. E verei o que eles fazem, se obedecem ao meu comando que eu lhes ordenei, ou não.

89.64    Mas eles devem Você não sabe disso e não deve mostrar isso a eles, mas apenas escreva contra cada indivíduo, em seu tempo, tudo o que os pastores destroem e traga tudo para mim.”

89.65    E olhei até que aqueles pastores pastavam em seus tempos, e eles começaram a matar e destruir mais do que lhes foi ordenado, e entregaram aquelas ovelhas nas mãos dos leões.

89.66    E os leões e os tigres devoraram e devoraram a maioria daquelas ovelhas, e os javalis devoraram com elas; e eles incendiaram aquela torre e demoliram aquela casa.

89.67    E fiquei extremamente triste com aquela torre porque aquela casa das ovelhas tinha sido demolido; e depois disso não consegui ver se aquelas ovelhas entraram naquela casa.

89.68    E os pastores e seus companheiros entregaram aquelas ovelhas para  todos os animais para que pudessem devorá-los. Cada um deles, a seu tempo, recebeu um número exato, e para cada um deles, um após o outro, estava escrito em um livro quantos deles foram destruídos.

89.69    E cada um matou e destruiu mais do que o prescrito e comecei a chorar e a gemer muito por causa daquelas ovelhas.

89.70     E da mesma forma, na visão, eu vi aquele que escreveu, como a cada dia, ele escrevia cada um que foi destruído por aqueles pastores. E ele trouxe e apresentou o livro inteiro ao Senhor das ovelhas, tudo o que eles tinham feito e tudo o que cada um deles havia levado, e tudo o que eles haviam entregado à destruição.

89.71    E o livro foi lido diante do Senhor das ovelhas, e ele tomou o livro em sua mão, leu-o, selou-o e colocou-o para baixo.

89.72    E depois disso vi como os pastores pastaram por doze horas, e eis que três daquelas ovelhas voltaram e chegaram, e veio e começou a reconstruir tudo o que daquela casa havia caído; mas os javalis os atrapalharam para que não pudessem.

89.73    E eles novamente começaram a construir, como antes, e levantaram aquilo  torre, e foi chamada de torre alta. E começaram novamente a colocar uma mesa diante da torre, mas todo o pão que estava sobre ela era impuro e não era puro.

89.74    E, além de tudo, isto, os olhos destas ovelhas foram cegados para que não pudessem ver, e os seus pastores também. E entregaram ainda mais deles à destruição, e pisotearam as ovelhas com os pés, e as devoraram.

89.75    Mas o O Senhor das ovelhas permaneceu quieto, até que todas as ovelhas foram espalhadas e se misturaram com elas, e não as salvaram das mãos dos animais.

89.76     E aquele que escreveu o livro trouxe-o, mostrou-o e leu-o na habitação do Senhor das ovelhas. E ele rogou-lhe em nome deles e rogou-lhe, mostrando-lhe todos os feitos de seus pastores e testificando diante dele contra todos os pastores.

89.77     E ele pegou o livro, colocou-o ao lado dele e saiu.

90.1     E olhei até o momento em que trinta e cinco pastores tinham pastoreavam as ovelhas da mesma maneira, e cada uma individualmente; todos completaram seu tempo como os primeiros. E outros os receberam em suas mãos para pastoreá-los, a seu tempo, cada pastor a seu tempo.

90.2    E depois disso, eu vi na visão, vindo todas as aves do céu: -As águias, os abutres, e os milhafres, e os corvos. Mas as águias guiaram todos os pássaros, e eles começaram a devorar aquelas ovelhas, a arrancar-lhes os olhos e a devorar-lhes a carne.

90.3     E as ovelhas gritaram porque os pássaros devoraram a sua carne. E eu gritei e lamentei enquanto dormia por causa daquele pastor que pastoreava as ovelhas.

90.4    E olhei até que aquelas ovelhas foram devoradas por aqueles cães, e pelas águias, e pelas milhafres, e não lhes deixaram nem carne, nem pele, nem tendões, até que só restaram seus ossos. E os seus ossos caíram no chão e as ovelhas ficaram poucas.

90.5    E olhei até o tempo em que vinte e três pastores tinham pastado,  ;e eles completaram, cada um em seu tempo, cinquenta e oito vezes.

90.6    E daquelas ovelhas brancas nasceram cordeirinhos, e elas começaram a  abram os olhos, para verem e para clamarem às ovelhas.

90.7    Mas as ovelhas não clamaram a elas, e não ouviram o que eles disseram a eles, mas eram extremamente surdos, e seus olhos estavam extremamente e excessivamente cegos.

90.8    E eu vi na visão, como os corvos voaram sobre aqueles cordeiros e pegaram um daqueles cordeiros, despedaçaram as ovelhas e as devoraram.

90.9     E olhei até que chifres surgiram naqueles cordeiros, mas os corvos baixaram seus chifres. E olhei até que um grande chifre cresceu em uma daquelas ovelhas, e seus olhos se abriram.

90.10    E olhou para eles e para seus olhos foram abertos. E gritou para as ovelhas, e os carneiros o viram, e todos correram para ele.

90.11    E, além de tudo isso, aquelas águias , e abutres, e corvos, e milhafres, ainda despedaçavam continuamente as ovelhas, voavam sobre elas e as devoravam. E as ovelhas ficaram em silêncio, mas os carneiros lamentaram e gritaram.

90.12    E aqueles corvos lutaram e lutaram com ela, e desejaram fugir com o seu chifre, mas não prevaleceram contra ele.

90.13    E olhei para eles até que os pastores e as águias, e aqueles abutres, e pipas vieram e gritaram aos corvos para que despedaçassem o chifre daquele carneiro. E eles lutaram e batalharam com ele, e ele lutou com eles e clamou para que sua ajuda pudesse chegar até ele.

90.14    E eu olhei até que veio aquele homem, que escreveu os nomes dos pastores e os apresentou ao Senhor das ovelhas, e ajudou aquele carneiro e lhe mostrou tudo; seu socorro descia.

90.15    E olhei até que aquele Senhor das ovelhas veio até eles com raiva, todos aqueles que o viram fugiram, e todos caíram na sombra diante Dele.

90.16    Todas as águias e abutres e corvos e milhafres, reunidos e trazidos com eles todas as ovelhas selvagens, e todos se juntaram e ajudaram uns aos outros para despedaçar aquele chifre do carneiro.

90.17     E olhei para aquele homem, que escreveu o livro por ordem do Senhor, até que ele abriu o livro da destruição que aqueles últimos doze pastores haviam feito. E ele mostrou, diante do Senhor das ovelhas, que eles haviam destruído ainda mais do que aqueles antes deles.

90.18    E eu olharam até que o Senhor das ovelhas veio até eles e pegou o Bastão de Sua Ira e feriu a Terra. E a Terra foi dividida. E todos os animais e as aves do céu caíram daquelas ovelhas e afundaram na terra; e ela os envolveu.

90.19    E olhei até que uma grande espada foi dada às ovelhas. E as ovelhas saíram contra todos os animais selvagens para matá-los. E todos os animais e aves do céu fugiram diante deles.

90.20    E olhei até que um trono foi estabelecido numa terra agradável e o Senhor das ovelhas sentou-se sobre ela. E eles pegaram todos os livros selados e abriram os livros diante do Senhor das ovelhas.

90.21    E o Senhor chamou aqueles homens, os sete primeiros brancos, e ordenou-lhes que trouxessem diante dele a primeira estrela, que ia adiante daquelas estrelas cujas partes íntimas eram como cavalos, e eles os trouxeram todos diante dele.

90.22    E disse àquele homem que escrevia diante dele, que era um dos sete brancos, disse-lhe: “Leva aqueles setenta pastores, para a quem entreguei as ovelhas e que, por sua própria autoridade, levaram e mataram mais do que lhes ordenei.”

90.23    E eis que, Eu os vi todos amarrados e todos ficaram diante dele.

90.24    E o julgamento foi realizado, primeiro nas estrelas, e eles foram julgados e considerados culpados, e eles foram para o lugar da condenação, e foram lançados em um lugar profundo, cheio de fogo ardente e cheio de colunas de fogo.

90.25    E aqueles setenta pastores foram julgados e considerados culpados, e também foram lançados naquele abismo de fogo.

90.26     E eu vi naquele momento, como um abismo semelhante foi aberto no meio da Terra que estava cheio de fogo, e eles trouxeram aquelas ovelhas cegas e eles foram todos julgados, e considerados culpados, e jogados naquele abismo de fogo e eles queimaram. E aquele abismo estava ao sul daquela casa.

90.27    E eu vi aquelas ovelhas queimando e seus ossos estavam queimando.

90.28    E eu me levantei para olhar até que ele dobrou aquela velha casa, e eles removeram todos os pilares, e todas as vigas e ornamentos daquela casa foram dobrados com isso. E eles o removeram e colocaram em um lugar no sul da terra.

90.29    E olhei até que o Senhor das ovelhas trouxe um casa nova, maior e mais alta que a primeira, e ele a instalou no lugar da primeira que havia sido desmontada. E todas as suas colunas eram novas, e os seus ornamentos eram novos e maiores do que os da primeira, a antiga que havia sido removida. E o Senhor das ovelhas estava no meio dela.

90.30     E vi todas as ovelhas que restaram, e todos os animais daterra, e todos os pássaros do céu, prostrando-se e adorando aquelas ovelhas, e suplicando-lhes e obedecendo-lhes em todos os comandos.

90.31 E depois disso, aqueles três que estavam vestidos de branco e seguraram minha mão, aqueles que me criaram primeiro. Eles, com a mão daquele carneiro também me segurando, me levantaram e me colocaram no meio daquelas ovelhas antes que o julgamento fosse realizado.

90.32    E aquelas ovelhas eram todas brancas e sua lã era espessa e pura.

90.33    E todas aquelas ovelhas que haviam sido destruídas e espalhadas, e todos os animais selvagens e todas as aves do céu se reuniram naquela casa, e o Senhor das ovelhas se alegrou muito porque todos eram bons e voltaram para Sua casa.

90.34    E olhei até que eles depuseram aquela espada, que havia sido dada às ovelhas, e eles a trouxeram de volta para sua casa, e ela foi  selado diante do Senhor. E todas as ovelhas foram encerradas naquela casa, mas ela não as segurou.

90.35    E os olhos de todos eles foram abertos, e eles via bem, e não havia entre eles um só que não visse.

90.36    E vi que aquela casa era grande, larga e excepcionalmente full.

90.37    E vi como nasceu um touro branco, e seus chifres eram grandes, e todos os animais selvagens, e todos os pássaros do céu, tinham medo dele e o suplicavam continuamente.

90.38    E olhei até que todas as suas espécies se transformassem e todos se tornassem touros brancos. E o primeiro deles foi um boi selvagem. E aquele boi selvagem era um animal grande e tinha grandes chifres pretos na cabeça. E o Senhor das ovelhas alegrou-se por elas e por todos os touros.

90.39    E eu estava dormindo no meio delas e acordei levantei-me e vi tudo.

90.40    E esta é a visão que tive enquanto dormia e acordei, bendito seja o Senhor da Justiça, e atribuí-lhe glória.

90.41    Mas depois disso chorei amargamente e minhas lágrimas não pararam até que eu não pudesse mais suportá-las. Quando olhei, eles correram, por causa do que vi, pois tudo acontecerá e se cumprirá, e todos os feitos dos homens, em sua ordem, me foram mostrados.

90.42    Naquela noite lembrei-me do meu primeiro sonho e por causa dele chorei e fiquei perturbado, porque tive aquela visão.

 






Norway

FACEBOOK

Participe de nossa rede facebook.com/osreformadoresdasaude

Novidades, e respostas das perguntas de nossos colaboradores

Comments   2

BUSCADAVERDADE

Visite o nosso canal youtube.com/buscadaverdade e se INSCREVA agora mesmo! Lá temos uma diversidade de temas interessantes sobre: Saúde, Receitas Saudáveis, Benefícios dos Alimentos, Benefícios das Vitaminas e Sais Minerais... Dê uma olhadinha, você vai gostar! E não se esqueça, dê o seu like e se INSCREVA! Clique abaixo e vá direto ao canal!


Saiba Mais

  • Image Nutrição
    Vegetarianismo e a Vitamina B12
  • Image Receita
    Como preparar a Proteína Vegetal Texturizada
  • Image Arqueologia
    Livro de Enoque é um livro profético?
  • Image Profecia
    O que ocorrerá no Armagedom?

Tags

tag