*Respondendo a contradições bíblicas

Código VC3-E2003-P

VIEW:176 DATA:2020-03-20
Algumas pessoas lêem o verso e acreditam que existe uma contradição:
Disse-lhe o Senhor: Quem deu boca ao homem? Quem o fez surdo ou mudo? Quem lhe concede vista ou o torna cego? Não sou eu, o Senhor?
Êxodo 4:11
Imaginemos que uma pessoa abuse do açúcar, e da alimentação, e adquire uma diabete. E em uma crise, o açúcar queima a retina e a pessoa fica cega. A cegueira foi Deus que fez ou o abuso da alimentação que gerou? Diversas pessoas querem procurar contradições na bíblia sem ao menos pensar.
Esse verso surgiu porque Moisés disse o seguinte:
Disse, porém, Moisés ao Senhor: “Ó Senhor! Nunca tive facilidade para falar, nem no passado nem agora que falaste a teu servo. Não consigo falar bem!”
Êxodo 4:10
Moisés não desejava falar ao povo, e disse que não conseguia falar bem. Então, Deus disse "Quem deu boca ao homem?" dar, não se refere a um objeto, mas fazer, construir o homem com uma boca. A mesma coisa ocorre ao surdo ou mudo. Mas observe, a boca de cada um está descrito no código genético. Assim, aquele que desenvolveu o código genético sabe das possibilidades de uma pessoa ser mudo ou surdo, ou mesmo o acontecimento para se tornar cego. A explicação estava na capacidade de Deus fazer o que deseja. Veja que na tradução temos "Quem concede vista ou o torna cego?", observe o termo conceder. O termo conceder vem de uma palavra hebraica que pode definir também determinar.
Essa palavra aparece 580 vezes na bíblia, e define não apenas determinar, como diversos outros pontos em que alguém defina que algo seja assim. A questão do verso demonstra a Moisés que tudo que acontece Deus sabe, e se acontece, Deus sabe de tudo pois foi determinado. Isso era claro para Moisés, pois havia diversas guerras na época e muitos ficavam cegos em batalha, ora, quem cegava uns aos outros eram os guerreiros, mas todas as guerras que existem Deus sabe quando e como surgem. De fato o homem não houvesse comido do fruto do conhecimento do bem e do mal, e nenhuma pessoa ficaria cega.
Assim sabemos que Moisés entendeu o que Deus havia dito, apenas os que buscam uma contradição aí, que forçam não entender.
No final Deus diz a Moisés.
Agora, pois, vá; eu estarei com você, ensinando-lhe o que dizer. Êxodo 4:12
Veja que o verso em 11, define determinar, e que o 12 diz que Deus irá ensinar o que iria dizer. E isso é o fato mais claro do texto. Se o homem tivesse obedecido a Deus não teria comido do fruto e não haveria desgraça. Se o homem amasse o próximo não haveria guerras, e muitos não morreriam, nem ficariam cegos. Mas decidindo o homem pelo caminho errado, diversas consequências ocorrem. Por exemplo, a lei da gravidade existe, aquele que fez a lei da gravidade, sabe que se alguém pular de muito alto irá morrer. Se a lei da gravidade fosse diferente, o homem poderia voar. Assim, quem define as leis define as regras. Essas regras que definem como uma pessoa fala ou como uma pessoa deixa de falar. De fato o conjunto dos versos determina apenas que Deus tem a capacidade de fazer o que ele definiu.
É impossível uma pessoa com fundamento de interpretação de texto achar que existe contradição nestes versos, pois eles culminam no verso 12 ao termo "ensinar". Ora, Deus fala a Moisés no conceito de que Moisés aceite fazer o que Deus pede. Mesmo assim, Moisés diz:
Respondeu-lhe, porém, Moisés: “Ah, Senhor! Peço-te que envies outra pessoa”. Êxodo 4:13
Veja que mesmo demonstrando a capacidade de Deus, Moisés resiste a não fazer o trabalho. Podemos ver ainda no livro de Lamentações.
Ofereça o rosto a quem o quer ferir, e engula a desonra.
Porque o Senhor não o desprezará para sempre.
Embora ele traga tristeza, mostrará compaixão, tão grande é o seu amor infalível.
Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos filhos dos homens,
esmagar com os pés todos os prisioneiros da terra,
negar a alguém os seus direitos, enfrentando o Altíssimo,
impedir a alguém o acesso à justiça; não veria o Senhor tais coisas?
Quem poderá falar e fazer acontecer, se o Senhor não o tiver decretado?
Lamentações 3:30-37
Nesse verso podemos observar uma coisa interessante, que diz ? "Porque não é do seu agrado trazer aflição e tristeza aos filhos dos homens", se recordar eu citei a lei da gravidade, uma pessoa que pula de um prédio e morre ao cair não é uma coisa que desejamos, mas fatos ocorreram que tal pessoa veio a cair. Seja sua vontade ou de outro, ou um descuido, ou decisão de não tomar as devidas seguranças.
Assim, um homem pode ficar cego em uma guerra, mas vemos que mesmo que tais coisas ocorram o verso diz: "Quem poderá falar e fazer acontecer, se o Senhor não o tiver decretado?", assim o termo "decretar", contido no verso é o mesmo de definir a existência por algo. Como a lei da gravidade que se uma pessoa pular de muito alto, morre. Não tivesse decretado tal lei e a pessoa que pula não morreria. Mas regras são estabelecidas, e assim cada homem deve decidir. Ora, Moisés decidiu não falar, e assim ocorreu.
Mas Deus não sabia? vejamos o verso:
Então o Senhor perguntou a Caim: “Onde está seu irmão Abel?” Respondeu ele: “Não sei; sou eu o responsável por meu irmão?”
Gênesis 4:9
Veja segundo o verso Deus pergunta onde está o irmão de Caim. Ora, Deus não sabia onde estava? No verso seguinte Ele diz.
Disse o Senhor: O que foi que você fez? Escute! Da terra o sangue do seu irmão está clamando.
Gênesis 4:10
Não só Deus sabia onde estava Abel como sabia que Caim tinha matado. Veja que Caim disse que não sabia. Uma pessoa com mínimo de interpretação de texto consegue claramente entender que Deus faz isso para que cada um determine suas escolhas. Isso é padrão. Por exemplo, podemos ver no verso:
Ele lhe disse: “Vá, chame o seu marido e volte”.
“Não tenho marido”, respondeu ela. Disse-lhe Jesus: “Você falou corretamente, dizendo que não tem marido.
João 4:16-17
Segundo o texto imaginaríamos que Jesus não sabia que a mulher não tinha marido, pois falou para ela chamar seu marido, ela falou que não tinha, e Jesus falou que ela estava correta, mostrando que sabia que ela não tinha marido, e ainda Jesus completou.
O fato é que você já teve cinco; e o homem com quem agora vive não é seu marido. O que você acabou de dizer é verdade.
João 4:18
Além de saber que não tinha marido, sabia quantos homens ela já teve e ainda que o homem que está com ela não é casado com ela. Veja que uma pessoa pode tentar buscar contradições, mas é meramente a vontade de não desejar entender o texto.
De fato, o termo de determinar que uma pessoa veja ou fique cega, envolve as regras já estabelecidas por Deus. Como as leis de saúde, as leis físicas, leis do livre arbítrio e outras. Não existe contradição, existem sim, pessoas que tentam não usar a lógica para entender como funciona as regras estabelecidas.





Norway

FACEBOOK

Participe de nossa rede facebook.com/osreformadoresdasaude

Novidades, e respostas das perguntas de nossos colaboradores

Comments   2

BUSCADAVERDADE

Visite o nosso canal youtube.com/buscadaverdade e se INSCREVA agora mesmo! Lá temos uma diversidade de temas interessantes sobre: Saúde, Receitas Saudáveis, Benefícios dos Alimentos, Benefícios das Vitaminas e Sais Minerais... Dê uma olhadinha, você vai gostar! E não se esqueça, dê o seu like e se INSCREVA! Clique abaixo e vá direto ao canal!


Saiba Mais

  • Image Nutrição
    Vegetarianismo e a Vitamina B12
  • Image Receita
    Como preparar a Proteína Vegetal Texturizada
  • Image Arqueologia
    Livro de Enoque é um livro profético?
  • Image Profecia
    O que ocorrerá no Armagedom?

Tags

livre arbítrio, mal, bem, moisés, caim, abel, adão, culpa do mal, samaritana, leis universais